3 dicas para estabelecer uma cultura inovadora

3 dicas para estabelecer uma cultura inovadora

Muito se fala em cultura de inovação, mas a verdade é que estabelecê-la nas empresas para promover maior competitividade, reconhecimento no mercado e motivação dos colaboradores, nem sempre é tarefa fácil. Afinal, ela se conquista a partir de um trabalho consistente, que deve ser impulsionado e estimulado pelas lideranças.

A inovação não é algo que ocorre por acaso, muito pelo contrário, é preciso dedicar tempo para que as equipes estejam aptas a inovar. Recentemente, a Accenture (empresa multinacional de consultoria de gestão, tecnologia da informação e outsourcing) entrevistou 1000 executivos do C-level e concluiu que apenas 20% dos participantes sentiam-se confiantes a respeito da inovação contínua na cultura empresarial.

De fato, não é esperado que as pessoas inovem sem que elas dediquem tempo para isso. Um grande exemplo disso é o CEO da GoodRx, Doug Hirsch, que reserva seis horas semanais em sua agenda para estimular o pensamento inovador. Por outro lado, a Intel - empresa multinacional e de tecnologia, criou o programa “Thinking Time!”, para incentivar os colaboradores a deixar seu trabalho off-line e ativar mensagens de ausência temporária todas as terças-feiras de manhã, justamente para deixá-los livres para pensar sobre processos inovadores.

Sem dúvidas, no mercado atual, a inovação é uma urgência para manutenção do desenvolvimento das organizações.

Se você deseja que a sua organização faça parte desse ecossistema, siga com a leitura e confira as dicas que a equipe do Blog da HMAN preparou para você:

3 dicas para estabelecer uma cultura inovadora

1. Qual atividade você pode começar a fazer hoje para ser mais inovador?

Por mais que a promoção da inovação demande certo tempo, existem algumas atividades que podem ser iniciadas de maneira imediata. Para compreender quais são elas, reserve um tempo na semana para conversar com colaboradores de outros setores, fornecedores ou colegas de trabalho. A inovação ocorre, sobretudo, por meio da colaboração. Por isso, pesquisar, se aprofundar neste contexto e dialogar com outros membros para melhor a construção das ideias são sempre ótimas alternativas.

2. Quais ações diárias você pode realizar para incentivar o comportamento inovador de outras pessoas?

Na verdade, várias. Você pode, por exemplo, compartilhar os seus trabalhos em desenvolvimento com outras unidades de negócios para pedir feedbacks ou trocar experiências. Apoiar, de forma pública, a assunção de riscos inteligentes, a transformação das tendências em números e incentivar os seus subordinados diretos e fazer o mesmo. Divulgar, em tempo real, todos os esforços de inovação da organização e, principalmente, estimular os colaboradores a expressarem as suas ideias e assim, ampliar sua capacidade de questionamento.

3. Pense sobre quais realizações de inovação você poderá ajudar a organização a alcançar daqui a um ano.

Visto que a inovação é um processo de longo prazo, é preciso projetar, cultivar e nutrir relacionamentos externos para potenciais projetos de desenvolvimento conjunto. Para isso, é necessário estabelecer métricas, monitorá-las e relatá-las. Para incentivar as pessoas, considere rastrear e recompensar atividades inovadoras. Peça para os funcionários que forneçam progresso mensal nas atividades de inovação com as quais se comprometerem. No tempo certo e com esforço constante, sua empresa pode se tornar um ambiente onde a inovação prospera. Enfim, gostou de acompanhar as 3 dicas para estabelecer uma cultura inovadora? Se esse artigo foi interessante para você, deixe seu feedback nos comentários. No mais, continue de olho no Blog da HMAN, em breve, teremos muitas novidades por aqui.

Um grande abraço e até o próximo post!

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Veja mais

1 de 7