5 formas de ficar mais inteligente, de acordo com a ciência

5 formas de ficar mais inteligente, de acordo com a ciência

Na realidade frenética em que vivemos, o sucesso depende, sobretudo, da capacidade de adaptação e da facilidade de aprender coisas novas. De acordo com estudos recentes, existem alguns hábitos relativamente simples, que podem contribuir significativamente para isso. Afinal, além de aumentar o senso de resiliência, o aprendizado está diretamente ligado à felicidade. O que ocorre é que, quando aprendemos algo novo, sentimos mais alegria, visto que o aprendizado promove novas perspectivas e permite que as pessoas explorem pensamentos mais profundos. Mas, como podemos aprender mais? Siga com a leitura e confira os passos, baseados em estudos e pesquisas universitárias, que a equipe da HMAN separou para você.

1. Reduza as distrações

O primeiro passo para se abrir essencialmente ao aprendizado é evitar distrações. De acordo com estudo da Universidade Simon Fraser, quando as pessoas conseguem gerenciar as distrações, se lembram com mais facilidade daquilo que leram, ouviram ou aprenderam. Portanto, sempre que for consumir um conteúdo novo, desligue o celular e encontre um local livre de intervenções sonoras ou visuais. Isso irá te ajudar a aprofundar o seu aprendizado.

2. Durma o bastante

Inúmeras pesquisas já identificaram que um sono de qualidade é essencial para consolidar novas informações e dar sentido a elas. Inclusive, um estudo específico da Universidade da Califórnia descobriu que durante o sono as pessoas constroem associações entre itens não relacionados. Paralelo a isso, a criatividade e a resolução de problemas consistem, sobretudo, na capacidade de unir coisas diferentes de novas maneiras e conectar pontos que direcionam a novas soluções. Nesse cenário, o sono opera como um pavimentador de caminho para a capacidade de encontrar relações entre itens e conceitos. Além disso, pesquisas sobre o sono apontam que o ato de sonhar é essencial para que as pessoas se adaptem a situações desafiadoras, principalmente, os “pesadelos” relacionados a medo, perigo ou ameaças.

3. Busque por novas experiências

Outra maneira um tanto quanto satisfatória de se tornar mais inteligente é se expor a situações variadas, inesperadas e interessantes. De acordo com uma pesquisa desenvolvida pela Universidade Estadual de Ohio, quando as pessoas se expõem às novas experiências, se tornam mais aptas para receber novas informações e retê-las com eficiência. Ou seja, da mesma forma que o sono otimiza a sua capacidade de aprender e reter coisas novas, experiências variadas e reais ajudam a ter mais disposição para encarar o novo.

4. Mantenha o foco

Para garantir o aprendizado, é necessário se concentrar na absorção da sua tarefa. Segundo estudo da Universidade do Texas, quando as pessoas são mais treinadas em uma situação com o mesmo conteúdo, elas aprendem mais lentamente. Em contrapartida, quando são expostas a diferentes conteúdos, aprendem mais rapidamente, justamente porque precisam se concentrar mais. De fato, somos bombardeados diariamente pelas mais diversas informações, por isso, muitas vezes, dar atenção profunda às tarefas pode ser um desafio. Mas, é importante saber que a atenção parcial costuma roubar a eficiência e interferir negativamente no desempenho. Por isso, sempre que for desempenhar um projeto, procure dar toda a sua atenção a ele.

5. Acredite em você!

Pode parecer clichê, mas a verdade é que, se você não acreditar em você e na sua capacidade, não conseguirá convencer outras pessoas da sua inteligência. As habilidades de aprender, desenvolver, crescer e se adaptar são vivas e você pode fortalecê-las ao longo de sua vida. Nesse cenário, um Estudo da Universidade de Calgary identificou que os alunos garantiam uma melhor performance quando eram lembrados de que sua inteligência era maleável e os objetivos de aprendizado eram alcançáveis. Adotar a mentalidade do crescimento é uma forma, não apenas de aumentar a sua autoconfiança, mas também sua competência em novas habilidades. Enfim, curtiu descobrir as 5 formas de ficar mais inteligente, de acordo com a ciência? Se esse artigo foi interessante para você, deixe seu feedback nos comentários e continue de olho no Blog da Hman, em breve, teremos novidades por aqui.

Um grande abraço e até o próximo post!

Voltar para o blog

Deixe um comentário

Veja mais

1 de 7