Diamante incolor de 103 quilates pode ser arrematado por R$ 90 milhões em leilão

Diamante incolor de 103 quilates pode ser arrematado por R$ 90 milhões em leilão

Um diamante D (incolor) de 103,49 quilates sem falhas, batizado de “Light of Africa” (“Luz da África”, em português) irá protagonizar o leilão da Christie’s New York Magnificent Jewels no dia 08 de junho. A estimativa é que a pedra seja por algo entre US$ 11 milhões e US$ 18 milhões (de R$ 55 a 90 milhões).
Além dos seus diferenciais de tamanho e pureza, o diamante em corte esmeralda também tem excelente polimento e simetria, de acordo com a Christie’s. 
Classificado pelo Gemological Institute of America, ele pertence à categoria rara Tipo IIa, que representa menos de 2% de todos os diamantes, tornando-o um dos diamantes mais raros e valiosos do mundo.
O diamante foi cortado de uma pedra bruta de 299,3 quilates, desenterrada da famosa Cullinan Diamond Mine, de propriedade da Petra Diamonds, na África do Sul, onde foi cortado e polido. 
A pedra fará uma turnê mundial começando em Genebra de 6 a 11 de maio, seguindo para Hong Kong de 22 a 24 de maio, antes de retornar à sede do Christie’s em Nova York no Rockefeller Center, onde estará em exibição de 3 a 7 de junho. 
Voltar para o blog

Deixe um comentário