Pela primeira vez na história, café brasileiro é exportado para o Japão com tecnologia blockchain

Pela primeira vez na história, café brasileiro é exportado para o Japão com tecnologia blockchain

A Arabyka, uma startup especializada em rastreabilidade via blockchain, implementou uma tecnologia inédita em um lote de café orgânico da marca Minamihara, que está sendo exportado para o Japão. 
A intermediação entre o produtor e a startup faz parte do trabalho do Cocriagro, hub de inovação com sede em Londrina (PR), montado dentro do parque de exposições da SRP (Sociedade Rural do Paraná). O anúncio da venda foi feito na última terça-feira (17).
De acordo com a Minamihara - uma das mais antigas e remanescentes famílias de imigrantes japoneses, que continuam produzindo cafés de qualidade no país - o primeiro lote, de 9 sacas, está utilizando 100% de tecnologia blockchain da Arabyka que vai apresentar informações como época e tipo de colheita, secagem, lote, variedade, tempo de descanso, dia e padrão de exportação.
Além disso, os outros membros da cadeia, como torrefadores e cafeterias também podem inserir suas informações durante o processo de venda, até chegar ao consumidor final.
A produção do café Minamihara conta com manejo orgânico próprio e ocorre em 100 hectares sombreados por abacateiros, no município de Franca (SP).
Voltar para o blog

Deixe um comentário