Segundo especialistas, Pix pode impulsionar adoção das criptos no Brasil

Segundo especialistas, Pix pode impulsionar adoção das criptos no Brasil

Por mais que as criptomoedas tenham caído no gosto dos investidores brasileiros em 2021, um longo caminho deve ser percorrido para que os dispositivos digitais se tornem, de fato, populares no dia a dia da população, inclusive como forma de pagamento alternativo que dispensa a intermediação de instituições financeiras.

De acordo com especialistas que se reuniram em um painel criado durante a Ethereum.rio (Evento organizado pela comunidade independente da Ethereum) o Pix, sistema de pagamentos e transferências instantâneas deve ser bastante explorado pelas startups brasileiras de criptoativos focadas no desenvolvimento de serviços e produtos para os consumidores finais.

Durante o evento, Rocelo Lopes, CEO da SmartPay Pagamentos Digitais, destacou a interface amigável do Pix, que permite a transferência de valores entre usuários através de QR Codes. Aplicativos dedicados a criptomoedas poderiam ampliar consideravelmente sua base de usuários oferecendo recursos semelhantes, afirmou o executivo.

Além disso, Lopes ainda destacou as diversas oportunidades para empreendedores e desenvolvedores que estejam dispostos a facilitar a utilização de criptoativos no Brasil, seja como meio de pagamento ou como instrumento de investimento financeiro:

"Se startups e jovens desenvolvedores criarem aplicativos e produtos tão fáceis como o Pix para o uso de cripto, isso nos dará uma vantagem competitiva enorme aos brasileiros em relação a qualquer outro país."

 

Voltar para o blog

Deixe um comentário