Shopping em realidade aumentada até 2030. É possível?

Shopping em realidade aumentada até 2030. É possível?

Ainda nem entramos em 2021, mas a Ericsson já está pensando em 2030 e revelou em recente pesquisa, que até a próxima década, quatro em cada cinco consumidores esperam ter uma experiência híbrida entre o real e o virtual nos shoppings das grandes cidades, que inclui provadores tecnológicos que permitem experimentar as roupas sem precisar vesti-las, salões de beleza que projetam em você de forma exata um novo corte de cabelo, um almoço virtual com cada pessoa em um restaurante em um canto do mundo e shows virtuais por meio de hologramas.

Enquanto nem saímos de uma pandemia que fragilizou os negócios mundo afora, já tem gente pensando em shoppings com realidade aumentada para os próximos oito anos.
Voltar para o blog

Deixe um comentário